Disfunção da ATM

O que é?

A Articulação Temporomandibular (ATM) é a junção móvel entre a mandíbula e a base do crânio. Esta articulação é responsável por todos os movimentos que você faz com a boca, existindo uma em cada lado (em frente de cada orelha). As doenças desta articulação e dos músculos que fazem esses movimentos da boca são chamadas de disfunções temporomandibulares (DTM). Esta é uma doença que causa sofrimento a milhões de pessoas ao redor do mundo, diminuindo a qualidade de vida e restringindo o convívio social. 

Dor 1.jpg

Quais as causas da DTM?

A disfunção da ATM está relacionada a hábitos nocivos, como o apertamento dentário e o bruxismo (ranger os dentes), a hábitos parafuncionais como ficar batendo levemente os dentes, morder os lábios ou bochechas, posições erradas de trabalho, de dormir, etc. Essa disfunção apresenta fatores relacionados com o estresse emocional e a depressão. Podemos falar, portanto, que a disfunção é de origem multifatorial, o que nos leva a traçar um tratamento diferenciado para cada paciente. 

Quais são os sintomas da disfunção temporomandibular?

  • Dor de cabeça de um ou ambos os lados da cabeça mais de dois dias por semana

  • Um “clique” ou sensação de desencaixe ao abrir ou fechar a boca

  • Dor ao bocejar, ao abrir muito a boca ou ao mastigar

  • Boca que “fica presa”, trava ou sai do lugar

  • Cansaço na face ou ao mastigar

  • Alteração no modo em que os dentes superiores e inferiores se encaixam (mordida desconfortável)

  • Ranger ou apertar dos dentes noturno /diurno

  • Alguns tipos de zumbido nos ouvidos

  • Dor ou tensão no pescoço referindo dor para a face ou cabeça

  • Dores na região cervical, irradiando para ombro e costas

  • Dificuldade ao mastigar qualquer alimento, especialmente aqueles mais duros e consistentes

  • Inchaço ao lado da boca e/ou da face

  • Limitação de abertura da boca, dificultando a abertura máxima

  • Desvio da mandíbula para um lado

  • Surdez temporária

  • Sensação de ouvido tampado

Dor%203_edited.jpg
Dor 2.jpg

Como é realizado o tratamento?

Assim como a causa da DTM é multifatorial, seu tratamento deverá ser, em muitos casos, multidisciplinar, ou seja, envolver dentistas, psicólogos, médicos acupunturistas, otorrinolaringologistas, fisioterapeutas, fonoaudiólogos e, em casos extremos, cirurgiões bucomaxilofaciais.

Cabe ao dentista diagnosticar a disfunção temporomandibular, definir a gravidade do caso, fornecer ao paciente um prognóstico e propor o tratamento adequado para cada caso, indicando os profissionais de outras áreas a fim de solucionar o seu problema.

As alternativas de tratamento sempre devem ser baseadas em evidências científicas e tratamentos conservadores e pouco invasivos são sempre a primeira escolha. Os tratamentos englobam a utilização de aparelhos orais, terapias farmacológicas, termoterapia, fisioterapia, microcorrente, laserterapia, infiltrações articulares, bloqueios musculares, viscossuplementação, e, procedimentos cirúrgicos como artrocentese, artroscopia e cirurgias da ATM. A educação e a conscientização do paciente acerca de seu problema é extremamente importante, assim técnicas comportamental-cognitivas funcionam como um coadjuvante no tratamento.

Se você possui um ou mais destes sintomas,

entre em contato!

Obrigado pelo envio!

Whatsapp-Icon_33936 (2).png